• Conceptual Courses

E depois da pandemia? Uma breve reflexão sobre a educação futura

Autora: Lua Corrêa Nosso mundo se transformou de forma radical e sem aviso prévio, todas as áreas da sociedade sofreram graves mudanças, o que não foi diferente para o campo da educação. Na primeira onda da pandemia, o desespero tomou conta da vida de muitos professores e diretores, grande parte dos educadores não estavam inseridos completamente no meio digital e essa virada abrupta tornou o período ainda mais complicado. Além da falta de preparo para esse momento, a instabilidade emocional e o déficit de equipamentos necessários para o ensino a distância, sobretudo para a rede pública de ensino, são barreiras que infelizmente ainda não ultrapassamos. Professores de todo o país encaram todos os dias a missão de criar aulas interativas, manter o interesse e o foco dos alunos durante as aulas, aprender a utilizar as plataformas online, como criar vídeos e materiais que realmente façam sentido para essa modalidade.

Em contraponto temos escolas-modelo, que antes mesmo da pandemia já possuíam suas próprias plataformas de atividades online e profissionais já familiarizados com o uso das mesmas, o que facilitou, e muito, a migração para o sistema EAD.

Algumas das primeiras perguntas feitas logo no início da quarentena, em Março de 2021, já foram respondidas e testadas. Hoje, o que nasce é uma discussão muito mais profunda a respeito da nova forma de educar. O momento é do ‘Re’: reinventar, repensar, refazer, ressignificar, reconstruir, remodelar. Ivini Ferraz – CEO da Players Multimídia School, nos traz pontos importantes acerca do assunto:

“A educação pós pandêmica poderá ser à distância, como também mista – à distância e presencial também – disso a gente não tem total certeza. O que nós temos total certeza é que as bases da educação e suas disciplinas não acompanham as necessidades das futuras gerações. Uma pergunta que poucas pessoas fazem é: Como será a escola do futuro? Como serão os professores? Quais as disciplinas? O que deve mudar nesse novo momento da humanidade? Como será o currículo da nova escola do futuro? Para que profissões estamos educando as crianças? A educação do futuro deve ser essencialmente uma educação digital e ambiental. As futuras gerações necessitarão de um conhecimento profundo dos recursos ambientais e de como geri-los. Além do conhecimento sobre todo o universo e a cultura digital na qual estão inseridas. Criar um diálogo entre esses dois saberes – o digital e o ambiental – parece ser o grande desafio da educação do futuro pós-pandemia. A Covid-19 não é só um problema de saúde. É também um problema ambiental. A medida que novos vírus começam a surgir no ecossistema e os modelos de sociedade superpopulosos, com grandes aglomerações se tornam epicentro dos surtos de transmissão, uma nova organização da sociedade, do espaço urbano e uma nova educação de cidadãos se fazem necessários.”

A adaptação para o novo normal torna-se um mero detalhe diante da necessidade de compreender e repensar o sistema de ensino atual e seu currículo, com a proximidade dos alunos e professores com a internet é essencial que ela e seu uso estejam presentes em toda a educação básica. É nossa responsabilidade ensinar para as novas gerações a melhor forma de conviver com as redes sociais, falar sobre segurança de dados e como trabalhar questões reais dentro do mundo virtual.

Infelizmente, com o advento da internet muitas escolas permaneceram quase que indiferentes à sua existência, mas após esse grande choque é improvável que ela continue a ser ignorada dentro das salas de aula, isso não significa que o modelo EAD será empregado de forma integral. Enquanto seres altamente sociáveis, onde a interação com outros faz parte essencial do processo de desenvolvimento e amadurecimento, já percebemos que o melhor caminho a seguir é um modelo híbrido. Com essa fase de experimentação forçada em que vivemos, é possível termos uma ideia de como seria um mundo totalmente online, apesar de todas as suas facilidades, estamos descobrindo percalços da falta de convívio.


A crise atual nos ajudará na evolução dos modelos de aprendizagem. No futuro, poderemos aprender onde e quando quisermos, já que o acesso a conectividade se tornará um direito universal. Também podemos ressaltar que cursos online continuarão como uma forma válida e cada vez mais qualificada de adquirir conhecimentos, seja qual for o setor. Temos uma visão otimista de que quando tudo isso passar, será possível observar um novo mundo.



PINHEIRO, Rafael. “Como será a educação pós-pandemia?”, texto publicado na Direcional Escolas [Online], disponível em: https://direcionalescolas.com.br/como-sera-a-educacao-pos-pandemia/ [Consultado em: 03.2021]

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
Subscrever notícias.

Lato Saberes Consultoria Educacional LTDA. CNPJ 30.583.908/0001-36. Rua Monte Casseros, nº47 - Centro - CEP: 09015-020